Por:
22/07/2019

Assim como em 2017 e 2018, em 2019 as duas primeiras semifinais ocorreram em bairros da cidade. Pela Categoria Nacional o primeiro lugar ficou com Jéssica Stephens e Carlos Gomes com a música Dois Zoinhos. Na Categoria Música de Limeira o primeiro lugar foi conquistado por João Lejambre e Domingos Di Salvi com a música Florumana

Conhecido como um dos festivais mais longevos do Brasil, fazendo inclusive parte do circuito festivaleiro de vários artistas independentes do país, algo que justamente foi citado em uma das apresentações, o Canta Limeira, com sua 18ª edição, foi realizado neste último final de semana, nos dias 19, 20 e 21 de julho. A descentralização cultural, proposta pelo atual Governo Municipal e apoiada pela Secretaria da Cultura da cidade, manteve-se nesta edição. Desde 2017 as semifinais, para os músicos de Limeira, ocorrem com apresentações abertas ao público em bairros. O festival conta com total apoio de realização do CPP-Limeira.

Na sexta-feira (19) 12 apresentações com músicos de Limeira ocorreram na Quadra de Esportes da Vila Piza. Se classificaram para a grande final as músicas: Touro Estranho (Bando D’Água); O Amor é Livre (Naná Campos e Soulkazza); Música: Florumana (Viola D2) e Nosso Amor e a Natureza (Negra Dja). O secretário da Cultura, Farid Zaine, e o prefeito Mario Botion, fizeram o discurso oficial de abertura. Miriam Soares, da equipe de trabalho do CPP-Limeira, representou a entidade no evento.

No sábado (20) foi a vez da segunda semifinal, igualmente com 12 trabalhos da Categoria Música de Limeira e as apresentações foram realizadas em frente à Paróquia Menino Jesus, no Bairro Cecap. A abertura foi realizada com as presenças de Farid Zaine, prefeito Mario Botion, primeira-dama Roberta Botion e do padre Diego Miquelotto. Miriam Soares, do CPP, também representou a organização nesta segunda etapa de apresentações.
A finalíssima do concurso aconteceu na noite deste domingo (21) no Teatro Vitória. Foram 18 apresentações ao todo (dez fianalistas da Categoria Nacional e oito com os finalistas da cidade). Dora Arcaro (diretora geral do CPP-Limeira) e Miriam Soares, representaram a entidade na grande final.

Premiações

O júri que analisou as apresentações foi formado por Ricardo Fadelli (músico popular, estudou Teoria Musical na Escola Livre de Música de Limeira. Atualmente participa de grupos que se apresentam em eventos e, ainda, é músico convidado na Orquestra de Viola Caipira na qual toca Sanfona/Acordeon/Escaleta. Desde 2018 faz parte do Grupo Avena); Josiane Nunes de Lima (empresária, formada em Administração com pós em Finanças e Controladoria. Também é cantora e vocalista da Banda Lady Z, além de coralista no Coro da Orquestra Sinfônica de Limeira) e Estela Maris Aparecida Marcato Muller (professora de música. Iniciou estudos de violão no “Conservatório Musical São José” com o Prof. Otávio de Moraes e concluiu o curso no “Conservatório Musical Carlos Gomes” de Campinas, além de ter realizado outros cursos de aperfeiçoamento. É professora de musicalização infantil no Colégio Portal de Limeira. Atualmente cursa o último ano de Licenciatura em Música. Estela possui 37 anos de carreira na área musical).

Por Limeira o primeiro lugar foi alcançado pelos músicos João Lejambre e Domingos Di Salvi com a música Florumana. “Agradeço todo o trabalho da Secretaria da Cultura. A primeira vez que pisei neste teatro eu era da Orquestra de Violeiros. Meu sonho, quando eu era ‘criancinha’ lá no Paraná, era abrir a cortina no Teatro das Freiras das Irmãs Franciscanas, eu era um garoto pobre e tinha muita vergonha, mas ficava sonhando e hoje estou aqui com essa cortina aberta no meio de tanta gente”, declarou, emocionado, o artista João Lejambre.

Pela Categoria Nacional o primeiro lugar ficou com Jéssica Stephens e Carlos Gomes com a música Dois Zoinhos. “Eu confesso que estar aqui no Canta Limeira é sempre uma emoção renovada. Para mim a maior satisfação é a alegria de estar aqui, independente das premiações”, afirmou Carlos Gomes. “Sempre procuro trazer a verdade e nunca esquecer a nossa essência. Temos que sair do palco plenos. Vi grandes artistas hoje. Estou muito grata por estar aqui nesta grande partilha musical que é o Canta Limeira e que ele permaneça por muitos e muitos anos”, disse Jéssica Stephens. A inscrição de ambos foi registrada da cidade de Praia Grande (SP), no entanto, Jéssica é de Roraima.

Números

No total, 219 músicas, vindas de 12 Estados, disputaram as concorridas 34 vagas, com direito a apresentação ao público, do festival. Foram 24 limeirenses e 10 da categoria nacional. Todos os classificados recebem ajuda de custo, conforme prevê o regulamento do projeto, e disputam os prêmios oferecidos.

Abaixo a classificação final e o prêmio conquistado:

Categoria Nacional

1° lugar – Jéssica Stephens e Carlos Gomes
Música – Dois Zoinhos
Valor – R$ 3,5 mil

2° lugar – Diego Moraes e Felipe Quim
Música – Eus
Valor – R$ 2,5 mil

3° lugar – Marcos Catarina
Música – Cais
Valor – R$ 2 mil

Categoria Limeira

1º lugar – João Lejambre e Domingos di Salvi
Música – Florumana
Valor – R$ 2,5 mil

2° lugar – Naná Campos e Leandro César Mathias
Música – O amor é livre
Valor – R$ 2 mil

3° lugar – Danilo Giroto Mendes
Música – Nós
Valor – R$ 1,5 mil

Melhor Letra – Bilora
Música – Contramão
Valor – R$ 800

Melhor arranjo – Natascha Silva e Gabriel de Castro
Música – Luz dos Corações
Valor – R$ 800

Melhor intérprete – Márcia Cherubim
Música – Todo Possível
Valor – R$ 800

Melhor torcida – Bando D´Água
Música – Touro Estranho
Valor – R$ 1.000

 

Veja algumas fotos (o álbum completo está no perfil do CPP-Limeira no Facebook – facebook.com/centrodoprofessorado.limeira):

 

 

 

Gentilmente cedida por Fernando Quesada.

 

::: Fotos: Filipe Sousa (Comunicação CPP-Limeira)